quinta-feira, 12 de julho de 2012

CELEBRAÇÃO DO DIA DO AGRICULTOR E DA AGRICULTORA


Observações: esta liturgia pode ser realizada no dia 25 de julho ou na data mais próxima, também celebrar num ambiente junto da natureza, como horta e sombra de árvores. Providenciar os símbolos: Bíblia, terra, água, cruz, sementes, alimentos, pano branco, ferramentas... 
LEMA: Cuidar da Vida se faz necessário
ACOLHIDA:
Sejam bem vindos(as), irmãos e irmãs. Aqui nos reunimos nesta celebração e somos todos convidados e convidadas a rezarmos ao Deus da vida e agradecer por todos os dons que recebemos nas nossas vidas. Hoje é uma data especial em que celebramos o dia do agricultor e da agricultora. São esses trabalhodores que cuidam da terra e semeiam a boa semente que se transforma em frutos que chegam nas nossas mesas.
Nesta celebração queremos fazer um gesto de reconhecimento, gratidão e carinho por tudo que recebemos da nossa mãe terra e do trabalho dos agricultores e agricultoras.
Iniciemos nossa celebração com a canção nossa alegria é saber que um dia todo povo se libertará, enquanto acolhemos a terra, a cruz envolta em pano branco, a bíblia, sementes, ferramentas.....
ATO PENITENCIAL:
Deus está presente na nossa vida, no trabalho, na família, na comunidade, na nossa roça, enfim, caminha conosco. Agora, nos resta a pergunta: como e quando acolhemos a Deus? Será que tratamos bem a terra e a água? Estamos cuidando bem da natureza e dos seres vivos? 
Por todas às vezes que ferimos e agredimos a natureza com o uso de venenos e agrotóxicos que poluem o meio ambiente e adoecem as pessoas que trabalham a terra e as que consomem alimentos envenenados. Confessemos os nossos pecados e os erros que cometemos na relação com a terra, a água, os seres vivos, as pessoas e pedimos o perdão a Deus cantando.....
MOMENTO DE LOUVOR:
Louvemos a Deus por todas as coisas que existem na terra. Pela diversidade de sementes que são patrimônio da humanidade e que produzem muitos frutos; pelos animais e plantas que embelezam e nos dão o alimento essencial à vida.
Cantemos "Eu louvarei..."
ORAÇÃO:
Ó Deus criador de todas as coisas que existem na terra! Nós vos pedimos: olhai para nós e para todos os agricultores e agricultoras. Daí-nos força, resistência, coragem e esperança. Pedimos saúde e a graça da boa convivência. Acompanhai com vossa proteção os nossos trabalhos, as lutas por direitos e vida digna. Orientai nossos pensamentos para que possamos trabalhar e viver com amor e respeito com a terra e os seres vivos. Ajudai-nos a cuidar das sementes, patrimônio da humanidade, da água e da biodiversidade. Tudo isso pedimos o Deus, com Jesus Cristo e o Espírito Santo. Amém.
ACOLHIDA DA PALAVRA: 
Vamos acolher o livro que contém a Palavra de Deus, dos profetas, de Jesus Cristo, dos Apóstolos. Vamos acolher a Bíblia em nosso coração para que ela seja a lâmpada para nos nossos pés e luz para o nosso caminho.
Cantemos: põe a semente na terra ...
Primeira Leitura: Miquéias, 2,1-5
Evangelho: Marcos, 4,1-12
MEDITAÇÃO DA PALAVRA:
Para a meditação, utilizar os textos bíblicos ou os textos de reflexão com dados e informações contidos neste folheto. 
- Como está a vida de agricultor e agricultora?
- Quais as coisas boas que a gente celebra na roça?
RENOVAÇÃO DA FÉ:
Vamos estender as mãos em direção as ferramentas que são os instrumentos de trabalho da roça e das sementes que trouxemos e rezar o Credo, renovando nossa aliança com o criador da Vida e reafirmando nossos compromissos com o Reino de Deus.
ORAÇÃO DA COMUNIDADE: 
Deus conhece nossa fé, sabe dos sofrimentos e compreende nossos sonhos. Tenhamos a humildade de, comunitariamente, dirigir ao Senhor da Vida as nossas preces e orações. Rezemos espontaneamente, em voz alta ou em silêncio. E após cada prece, respondamos: Senhor da vida, ouvi nossa oração.
Fica a critério da  equipe de liturgia formular preces e intercessões ou motivar a participação da assembléia.
OFERTÓRIO:
Sabemos que repartir os frutos da natureza é ofertar a Deus os dons que são seus. Por isso, aqui ofertamos os frutos da terra cultivada com a ternura humana. 
Pode se ofertar pão, vinho e outros alimentos. De acordo com as possibilidades e opções da comunidade, pode haver a Celebração da Eucaristia. Recomendamos que seja bem valorizada a oração do Pai Nosso (versão ecumência), o abraço da paz e a partilha dos alimentos.
AVISOS:
No momento de avisos e encaminhamentos da comunidade, pode se dar informações sobre atividades das pastorais e movimentos sociais e divulgar ações locais ou próximas.
AÇÃO PRÁTICA:
Incentivar a comunidade a fazer uma roça comunitária com objetivo de exercitar o trabalho comunitário, partilhar os frutos e garantir a unidade na comunidade. Também plantar árvores e reciclar o lixo produzido na propriedade.
BÊNÇÃO:
Deus, qual um camponês, semeador, que todos os dias cultiva a terra e nela semeia sementes de vida, amor, esperança, justiça e paz, abençoe-nos e nos conduza em teus caminhos. Abençoe a quem trabalha na terra, para que continuem perseverando na vocação camponesa. Abençoe-nos hoje e sempre, em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém

Extraído do material comemorativo ao dia 25 de Julho (2012) - Dia do/a Camponês 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário